Reality Of Books: Resenha: Amor Amargo - Jennfer Brown

Resenha: Amor Amargo - Jennfer Brown

Sinopse: Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade… Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.





Alex está em seu último ano de colégio e sua preocupação principal é organizar uma viagem com seus dois melhores amigos: Bethany e Zach para o Colorado, que é o lugar que sua mãe estava partindo quando morreu em um acidente. Os três estão super empolgados e a rotina deles inclui planejar e falar sobre a tão esperada viagem além de pensar o que será da vida de cada um após a conclusão do ensino médio. Apesar de sentir sua família distante desde a morte da sua mãe, nada mais era anormal na rotina de Alex mas isso muda quando Cole entra em sua vida.

Cole é um garoto novo na escola, o típico astro dos esportes com um sorriso encantador. Um cara divertido e que logo demonstra interesse por Alex e ela não poderia estar mais feliz pois é algo reciproco. Bethany e Zach deixam claro que não foram com a cara de Alex mas a garota não leva isso em conta imaginando que é apenas ciumes de ambos, porém, pós alguns acontecimento completamente incomuns, Alex reflete se Cole é realmente aquele cara encantador que se mostrava no começo.

Amor Amargo chamou a minha atenção assim que foi anunciado e não somente por ser escrito pela rainha da Jennifer Brown mas por principalmente retratar um tema que está em falta na literatura de hoje: relacionamentos abusivos. Eu infelizmente conheço e li poucos mas estou sempre me busca de mais livros que abordam esse tema sem o mínimo de tabu pois é assim que ele deve ser discutido e é assim que Brown discute no livro.

Narrado em primeira pessoa, temos a perspectiva de uma protagonista que está totalmente apaixonada e dependente de um namorado que a trata extremamente mal em um momento - desde xingamentos a violência física - e no momento seguinte, está pedindo desculpas, se mostrando arrependido e chorando no ombro dela. Para aqueles que sempre dizem: "Nossa, eu nunca deixaria um cara encostar a mãe em mim" ou "Se está apanhando é porque quer, se fosse eu já teria ido embora ou revidado há muito tempo" essa é a leitura perfeita para entender um pouco mais o que significa um relacionamento abusivo e o que é estar inserida nele.

Alex é uma garota totalmente carente de amor e atenção antes mesmo de sua mãe partir e isso só piorou após a partida, logo percebemos que a necessidade de amor é tão grande que ela está disposta a passar pelos momentos ruins de Cole para ter os bons e isso chegou a me causar lágrimas em muitos momentos por me colocar na situação de Alex, por ver o quanto ela queria contar e desabafar para alguém mas não podia pelo medo extremos de ser julgada por ter deixado Alex encostar nela não uma nem duas vezes.

Jennifer Brown também nos apresenta um pouco da rotina de Cole e de sua família, o que nos leva a compreender uma parte do porquê o garoto tem essa personalidade e com certeza ela deixa bem claro que Cole não é normal, provavelmente é digno de algum distúrbio psicológico. O livro há tantos pontos para serem analisados e discutidos que é impossível falar sobre cada um em uma resenha mas gostaria de registrar aqui que sentia dó não só de Alex mas também de Cole por ter se tornado a pessoa que se tornou e por nunca ter tido ninguém de verdade em sua vida, algum exemplo ou amor, então pensamos, como alguém, pode dar ou demonstrar amor ao outro se nunca o teve?

Havia momentos em que minha raiva era tão grande que eu não aguentava continuar, ao ler certas páginas a angustia predomina no leitor e nos faz pensar que apesar de ficção, é algo recorrente e real em várias partes do mundo. Não é uma leitura fácil pela carga emocional além de ser muito difícil se colocar no lugar de Alex e entender o porquê uma pessoa se sujeita a isso.

16 comentários:

  1. Eu sabia que Amor Amargo era um livro forte, mas de longe imaginei que a leitura dele fosse difícil por isso.
    Devo confessar fiquei curiosa, porque adoro livros que são fortes, Alex tem algo bom para acompanhar e acredito que isso iria me prender muito na leitura

    ResponderExcluir
  2. Oiii Cath tudo bem?
    Me vi apaixonada pelo livro, é um dos assuntos que sempre procuro para ler, é tão triste, mas ao mesmo tempo traz uma realidade que nós mulheres sofremos, sei que será uma boa pedida e adorei a resenha, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Sempre vejo muitos comentarem que os livros dessa autora são muito intensos e Morro de curiosidade par a conhecer.
    Mas por ser uma leitura difícil, eu estou aguardando o momento ideal kkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler esse livro, pois amei a lista negra e acho que irei apreciar a leitura desta obra.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Olá, gosto da premissa e da temática, a capa deixa transparecer a tensão que imagino conter no enredo. Adorei a resenha, vou anotar essa dica, pois me interessei pela leitura. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu sou louca pra ler esse livro! Nunca li nada da autora mas só vejo elogios dela! Eu também gosto de ler histórias que abordam relacionamentos abusivos porque sempre julgamos, mas nunca sequer analisamos as situações! Recomendo ler Minha Rendição da Cinthia Freire que também aborda isso e eu chorei horrores!

    ResponderExcluir
  7. Uma leitura forte que retrata a realidade de muitas mulheres. Ainda não li mas está na minha lista.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  8. Oie amore,

    Essa capa é bem interessante... já vi algumas resenhas e comentários mas até o momento não me instigou a ler.
    Vendo que você ficou com raiva em certos momentos, minha vontade diminuiu ainda mais pra ser sincera, então dessa vez passo a dica!
    Beijoka!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, eu já tinha visto o livro pelas redes sociais mas não sabia do que se tratava e fiquei de cara ao ler sua resenha o quanto ele mexeu com você ao ponto de ter que parar para controlar a raiva. Irei colocar na minha lista. Ótima resenha, parabéns.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. apesar de ter ouvido falar da autora nunca li nada dela, e uma vez participei de um clube de leitura que discutia essa obra... fiquei curiosa em ler pra saber a maneira como ela aborda essa temática que me interessa bastante...
    bjs...

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Já vi diversos elogios para os livros da Jennifer Brown, mas confesso que nunca me interessei muito em ler. Sei que é o tema deste livro é seríssimo e que precisa ser discutido, porém, pela carga dramática da obra, é uma leitura que eu descarto por enquanto.
    De qualquer forma, adorei sua resenha e concordo que é preciso ter mais obras que abordem relacionamentos abusivos, sem tabus e estereótipos. Talvez, em algum outro momento, eu crie coragem de ler esse livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oii
    Faz um tempo que li esse livro, mas lembro que também fiquei bem revoltada com algumas coisas que li. Principalmente com a protagonista, as desculpas que ela arrumava para os acontecimentos é muito bem retratado e muito real. Um excelente livro!
    Bjus

    ResponderExcluir
  13. Oi! Já tinha lido uma resenha desse livro antes e me interessei bastante pela temática que ele aborda. No meu ponto de vista há vários tipos de relacionamento abusivo e eu considero ter vivido um (mesmo que em pequena escala). Por isso considero muito válida a leitura desse livro, porque, como você falou, quem crítica e fala que jamais deixaria isso acontecer com si mesmo, se colocará no lugar da personagem e entenderá um pouco sobre o que uma vítima de abuso passa.
    Obrigada pela dica! É uma leitura que faz pensar e refletir :)

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Há um tempo estou querendo ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade. É difícil me expressar sem ter feito a leitura, mas a temática em si, é o que me atrai, pois quero muito ver os sentimentos expostos dessa personagem.

    ResponderExcluir
  15. Sou louca pra ler esse livro e ver como a autora desenvolveu esse tema, porque ele é bem complicado né? fico sempre instigada em ler.

    ResponderExcluir
  16. Eu escolhi n~]ao lerr este livro, ganhei ele da pam e não consegui sequer abrir o livro. A lista negra mexeu muito comigo e eu sabia que este, por ser mais real e próximo, iria me destruir. Lendo a sua resenha sinto que fiz a escolha certa. Vou esperar mais um pouco, porque não acho que essa , como você disse, "carga emocional" vá me fazer bem. Obrigada pela resenha honesta.

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo